domingo, 14 de dezembro de 2008

Gente, eu tô bem! ¬¬

Primeiro: Eu NÃO fugi de casa! Repito: Não, não, não!!
O caso foi o seguinte, avisei pra minha mãe no sábado, 11 horas, que eu tava saindo pra arrumar o terreno do Preto, pq a gente ia fazer um lual.
Beleza, fui lá, arrumamos tudo, blá blá blá.
Viramos a noite no Lual e cheguei umas 6/7 horas da manhã de domingo em casa.
Fui deitar e uma meia hora depois irrompe do meu quarto meu pai e começa a falar q eu não tenho responsábilidades, q eu não ligava pra eles, que eles quase foram na polícia, falou um monte.
Aí ele saiu e dez minutos depois veio a minha mãe.
Gritou que imprimiram fotos minhas pra fazerem cartazes, ligaram pra Jéssica (minha amiga) seis da manhã pra ver se ela sabia do meu paradeiro, falou que meu pai chorou querendo ir na polícia, falou que eu deveria ter avisado, falou, falou.
Aí que me caiu a ficha do que tinha rolado. Minha mãe não deve ter entendido a parte do "lual". Lual acontece de noite!
Mas, ainda assim, eu deveria ter explicado melhor a parada e ter ligado pra dar notícias. Eu tô me sentindo um lixo.
Meus pais não estão olhando na minha cara, tooodos meus amigos estão sabendo (a Jeh foi perguntando pro povo se eles sabiam de mim e a coisa virou uma bola de neve. ._.'), eu fiquei deitada das seis da manhã até as oito da noite de hoje só pra tentar esquecer que tudo isso aconteceu.
Quando minha mãe saiu do meu quarto, dei graças a Jah por não ter uma arma. Tá, eu tenho o Fred, meu facão, mas eu não conseguiria me matar com ele... Com uma arma a coisa muda de figura. Cano na boca e fim.
Não queria me matar pensando em mim, mas meus pais não deveriam ter que olhar pra minha cara, não é justo com eles.
Ainda penso em fugir (desta vez deixando bilhete) só pra eles meio que esquecerem de mim... Mas acho que nem vai rolar. -.-'
E a May tá me contando que cada pessoa tem uma versão do meu sumisso: Uns dizem que fugi pq briguei com a mãe, outro que eu entrei em coma alcólico, outra que fui abduzida... Ahh!
E o pior é que meus problemas não param por aí: O conselho de classe do colégio foi adiado... Ia ser amanhã, mas passou pra sábado. P-A-L-H-A-Ç-A-D-A do Colégio Estadual do Paraná! Pura palhaçada. Nosso coração que se foda, não é, CEP filho da puta?
Amanhã não tenho aula... Mais um eterno dia na cama.
Quem sabe eu suma pela manhã?




2 comentários:

Jota Pê disse...

Ok, é o seguinte.
1.Você não teria como saber que eles não sabiam o que é um lual, sabia?Aliás, só as três primeiras letras de lual já devem dar á entender que se passa a noite. Não se culpe por isso.
2.Seus pais não querem olhar pra você porque estão putos. Eles vão esquecer antes de você, sei por experiência.
3.Merda acontece. Não dá pra fugir das consequências.
4.Se você se matasse seria ainda pior pros seus pais. Sorte que não o fez.
5.Eu sei que dá uma tremenda vontade de fugir. Mais uma vez, experiência falando. Mas não o faça. Acredite, seus pais vão ficar um lixo. E quando você voltar, as coisas vão estar piores.
Bom, acho que isso é tudo.

. Marii! (: disse...

Vlw, Jp. :D
Na realidade eu deveria ter avisado direito... Mas tbm, sei lá, não pensei q iria dar tudo isso...