terça-feira, 27 de novembro de 2012

Cocaína- Sabotage

Um dia todos meus brothers vão aprender essa lição, mano, é por isso que eu espero. :)
A maioria deles não usa, mas tem um ou dois que eu conheço e gosto que eu queria realmente que saísse dessa bosta.
Hoje tô rezando por um brother que tá tentando mudar a vida; tá tentando andar na linha e sair de tudo isso; e hoje é ver se ele vai ter a força e a oportunidade ou se vai voltar ao crime; ♫ eu sei que coca eu sei que mata ♪; então força pra ele e que tudo dê certo, pq ele é uma boa pessoa que só nasceu no lugar errado; nasceu no Brasil, mas não no Brasil dos ricos.

Vim pra sabota ta ta ta
Vim pra sabota ta ta sabota
Vim pra sabota ta ta ta
Vim pra sabota seu raciocínio
Mesmo estando ausente
Haverá sempre quem critique (hé)
Cerveja (wisk), um trago (um isqueiro)
Os manifestos maléficos
Do homem ao próprio fim
A química é o demo
E quer então nos destruir
Vários da função
Só sangue bom que viciaram (aham)
Do Brooklyn ao Canão
Tem branca pura em Santo Amaro
Muitos que estao com pensamento ao contrário (só só)
Quem não se aposentou
Só se esta preso ou é finado
Alguns pedindo nos faróis desnorteados
Tem química na fita
Contamina os brasileiros
Criança de seis anos
Com um cigarro nos dedos
Só no descabelo
Como disse o sem cabelo
Eu creio (hé)
Que o poder quer atitude e respeito
Mas observe os pretos
Sendo tirados no brasil inteiro
Então prefiro sim
Um fininho ao que me diz
Do que a pedra no cachimbo
E o pó no nariz
Afinal é tipo assim
Pretendo usufruir
Já vi
Vários lutarem contra o vício e conseguir
Basta saber esperar
Ligeiro e não vacilar
Na moralina toda estrela eu sei que há de brilhar .. Porque
Hu ha ha ha com a cocaína eu vou parar
Hu ha ha ha eu sei coca eu sei que mata
Hu ha ha ha por isso eu tenho que para de cheirar ha ha
Nessas eu não posso desandar(2x)
Tipo daquele jeito (shhh)
Quando terminar esse som (não vai ser bom)
Os maluco doido vão ficar mais louco
Mais que sufoco na maior das adrenalina(mó zica ó)
Com a cara e a narina
E uma carreira de farinha
Ops ops ops vixi vixi espera lá (espera lá)
Na capa do caderno só o pó ô dó
Como é que pode
Ai não tem jeito (ai fico feio)
No pega pra capa bobio levo sacode
Saca só sem vacilar preste atenção
Propósito culturista acendente das drogas
Labirinto sem rumo sem volta ré ré (béim béim)
Saindo da trilha sonora
Muleque ranhento com juizo se importa
Sandrão, Héliao, Sabotage
Por essas eu não esperava
Droga eu sei que mata.
Mais isso não pretendo para os meus irmãos não quero
Ficar tipo só o pó na capa do caderno (sem juízo)
Em dialeto master ligado
Dicionário no bolso
E a leitura de um livro é nescessário
Informação (hooo) a toda Nação.
Hu ha ha ha com a cocaina eu vo para
Hu ha ha ha eu sei coca eu sei q mata
Hu ha ha ha porisso eu tenho q para de chera ha ha
Nessas eu nao posso desanda(2x)
Ai sem falsidade
Conheço manos tao felizes
Usavam só um baseado
E não afundava o nariz
Começou a colar
Com certas rapaziadas
Não mandava uma inteira mais ficava com a rapa
Eles foi pra mão de um cara
O tal do satanás
O desprezo e a vergonha domina seus pais
Digo mais o seus pivete
Esse rapaz esquece um zumbi
Marionete um plano de maquete
Na quebrada aos dezessete
Furtou video cassete rebelde
De longe sua mãe o reconhece
O dominado e tal
O lobo mau o anormal profissional da Zona Sul é mau
Roubando roupas no varal (varal)
Agora o gardenal (ham)
No quisito criminal tá em estado final
Mais eu não falo pelas costas
No sapatinho é minha proposta
Fecha porta
De a volta não mosca
Minha rima força causou revolta
Pode cre ai ladrão
Agora só destroça
Eu deixo um salve pros manos
Das ruas da sul
Do Broklin da Femelin
Da Anhangabau
Da Catarina espraiada
Itapevi fundao caracas
Barueri, Jardim Peri é logo ali
São vários jogo di baralho marcado
É foda é ve meus manos nesse estado
Irmãos que desandaram viajaram não ficaram lúcidos
Chupando manga só o pó sujo
Imundo é foda essa parada
Sujeito a tudo ou nada
Só fita furada
Ta devendo
E nunca paga
Em outras áreas recebe o nome de canalha
Irmão se for parar entao que faça já
Porque vários já morreram
Foram em cana em fim
Não quero isso pra eles e nem quero pra mim
Hu ha ha ha com a cocaína eu vou parar
Hu ha ha ha eu sei coca eu sei que mata
Hu ha ha ha por isso eu tenho que para de cheirar ha ha
Nessas eu não posso desandar(2x)
(Coca eu sei que mata)

Pessoas

Gosto de pessoas
pessoas são diferentes
inconstantes e confusas
egoístas e solidárias

pessoas sabem o que é certo
e erram muito
mas todos erram
principalmente eu, uma pessoa

gosto de mim, e gosto de vocês
até dos que não gosto eu gosto
pois o que seria do certo
se eu não descobrisse o errado?

cada pessoa é um universo
descobri-las é divertido
porque da mente humana
pode sair todas as verdades

somos tão defeituosos
e temos noção disso
e tentamos melhorar
ou desistimos de vez

"as pessoas não são más, mano, elas apenas estão perdidas. Ainda há tempo"
será?

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

pesadelo

Capuzes no rosto escondendo seu ser
chuva gelada batendo nos vidros
estou protegida aqui dentro
nada alcança a minha alma

vou gripar, não tem problema
estou livre, e é o que importa
quando os braços da morte chegarem até mim
estarei preparada para ela

é tudo um jogo
peões, bispos, rei, rainha
um jogo de poder e vaidade
tudo está prestes a ruir

e eu estarei lá
no meio de toda a confusão
e da maior taxa de suicidios
já vista antes pela humanidade

estaremos longe um do outro?
eu acredito que não
mas já não sei de nada
não sei o que me espera

corra, corra, garota na floresta!
corra que as bestas estão se levantando do chão
suas mãos tentando agarrar suas pernas
e alucinações rodam de pura confusão

é um sonho, menininha, seu maior pesadelo
nunca mais ouse se olhar no espelho
talvez você veja o que tenta esconder
em vez de seu corpo, sua alma, a arma de deus contra você

domingo, 25 de novembro de 2012

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Tenha dó - versão Los Hermanos e versão Lua

Não vou mais te perdoar, Você foi longe demais
Meu amor, não sou tão só assim
Não consigo entender me trocar por outro alguém
Traição já é demais, então você me diz
Que me ama, que sem mim você não vive
Que foi apenas um deslize, que você preza pelo meu amor

Tenha dó, não mereces o afago nem de Deus nem do Diabo
Quanto mais da mão que um dia eu dei pra ti

A saudade vai bater mas o meu amor se vai
Tempo voa e quando vê já foi

Não me fale de nós dois, não preciso mais saber
Indo embora, deixo-te um adeus ao vir dizer

Que me ama, que sem mim você não vive
Que foi apenas um deslize, que você preza pelo meu amor

Tenha dó, não mereces o afago nem de Deus nem do Diabo
Quanto mais da mão que um dia eu dei pra ti...

Laiá… laiá… laiá...
Laraia...
Laiá… laiá... laiá...
Laraia...

-----------

Meu pior defeito é o rancor
tudo que vivi, não acredito mais no amor
não sinto raiva, de verdade
mas não irei cair novamente nessa

eu não gosto de ninguém
e também gosto de muitos
enquanto gostava de um
que já não gostava de mim

e agora que estou bem
tudo volta novamente para mim
e você, que um dia me largou
me quer de volta

talvez eu tenha mentido
talvez tenha sim um pouco de raiva
mas não muita, te gosto muito
e vou te gostar para sempre

longe, separados, vivendo solitários
isso tudo é um adeus
talvez tarde demais
ou cedo, sem saber de nada

eu só estou cansada
pensando sempre nos outros
pensando sempre no bem
permitam-me errar um pouco, quero ir além

tenha dó
sei que não agi certo
mas tanto errou
que me senti no direito

direito de viver, direito de escolher
direito de mostrar que não pertenço à você
e no final, espero ver-te bem
pois bem estarei também

eu não gosto de ninguém
e também gosto de muitos
enquanto gostava de um
que já não gostava de mim


quinta-feira, 22 de novembro de 2012

POSTAGEM Nº 1000!

PÉPÉPÉPÉPÉPÉPÉPÉPÉPÉPÉPÉPÉ!

POSTAGEM NÚMERO 1000 DO BLOG DIIAS CONTADOS! AEAEAEAEA!
(nessa hora caem algumas serpentinas do nada e uns balões coloridões. obg imaginação)

Que lindo, no mesmo dia em que fechei 10.000 tweets tbm. KASPOAJDPOASOPJDOPAKPOSAJDPOAPSJADKASJADA

awn :3

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

domingo, 11 de novembro de 2012

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

terça-feira, 6 de novembro de 2012

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

O preço da fama

Reclamaram que à muito não escrevo
que fama é esta que não me permite descansar?
fama de uma só fã, mas que é o bastante
já me sinto cansada e tentada a surtar

ando na rua e sabem meu nome
se eu fico bêbada saio nos jornais
se me agarro com alguém os paparazzis me flagram
e da CARAS viro capa e não saio nunca mais

quero o anonimato
quero viver novamente
quero poder andar
invisível à essa gente!

e hoje acordo
de um sonho iminente
onde toda essa fama
era a vaidade da minha mente

Ramilação

Ora, extensão de minha alma
ora, dedos que não se acalmam
na escrita onde à anos me perco
acalmando minha mente, ansiando seu beijo

o que pode representar uma palavra?
por que sinto tantas em agonia e dor?
palavras pesadas que levam para baixo
palavras leves que transbordam puro amor

sonoridade, imagem e letras aleatórias
uma palavra que remete à uma distante paisagem
uma paisagem que nada mais é que uma palavra
mar, ondas, horizonte, tempestade

ora, por hora chega de brincar
a palavra diz que a hora chegará
e então eu poderei com as palavras inovar
criar uma desconhecida e então ramilar! 

sábado, 3 de novembro de 2012

eNem tô na pira

Tô indo fazer o Enem.
eNem tô na pira.
eNem queria.
eNem tenho escolha. :/


KAPSOJAOPAKSPAJPASOPAJD
JÁ É, PARTIU.